Buscar
  • Pastoral da Comunicação

História da Paróquia

Atualizado: 19 de Mar de 2019

A Paróquia Nossa Senhora Consolata está localizada na Asa Norte. Foi criada em 20 de junho de 1964, por Dom José Newton de Almeida Baptista, primeiro Bispo de Brasília.


A área paroquial se estende por 3,8 km² e abrange 15 quadras, com residências, instituições públicas e privadas e comércios locais. São 18.000 habitantes, tendo as quadras maiores cerca de 2,4 mil moradores. As menos populosas estão ao redor da Igreja Matriz, com poucos prédios, apenas casas.



O início


A Consolata é uma das primeiras paróquias de Brasília. Hoje, Arquidiocese de Brasília tem 150 paróquias.


A Asa Norte é uma das regiões mais tradicionais e históricas da Capital e sua primeira quadra, inteiramente construída, a 312 Norte, pertence à Paróquia, e até hoje, é a mais populosa da região e sua história está profundamente ligada à Paróquia. Inicialmente, as celebrações e encontros aconteceram em uma espécie de galpão erguido às margens da Avenida W3. Depois, passou-se a um outro galpão, maior e mais estruturado, em terreno que passou a ser de propriedade dos Missionários da Consolata. É onde funciona o Colégio JK. A Igreja Matriz foi inaugurada, no dia 31 de maio de 1981.


A Paróquia representou, historicamente, uma força reconhecida, no cenário eclesial da cidade. Entre os anos 60 e 90, houve intensa atividade pastoral, com celebrações muito frequentadas, grupos de música e outras expressões de cultura e grande presença da juventude. Desse período, surgiram vocações, como um padre diocesano e um religioso beneditino, além de numerosas lideranças leigas e nomes de referência, para a vida política e social do DF.


No início da década de 90, a Paróquia atuou na construção de casas, para famílias menos favorecidas economicamente, na cidade de Samambaia, a 30 km de Brasília. Ali também colaborou na criação da Paróquia Beato José Allamano, inaugurada em 31 de dezembro de 1996, a única no mundo que tem com padroeiro José Allamano.


Nessa mesma cidade, surgiu, depois, uma Comunidade Nossa Senhora Consolata. Já nos anos 2000, foi a vez de os Vicentinos da Paróquia iniciarem a construção de casas no Varjão, pequena cidade a poucos quilômetros de distância e um lugar carente. Ainda hoje, os Vicentinos continuam a exercer o seu apostolado naquela localidade.


A Paróquia participa da vida da Arquidiocese, sendo presença sempre influente nas assembléia e eventos setoriais e arquidiocesanos. Participa, também, duas vezes por mês, da Adoração Perpétua no Santuário do Santíssimo Sacramento.


A partir de 2010, viu-se, na Paróquia, uma nova fase se iniciar, com a vitalidade pastoral. Vieram novas estruturas paroquiais, como novas turmas e horários de catequese, a realização de retiros e encontros da comunidade paroquial, maior atenção às quadras, retomada do protagonismo dos leigos, na atuação pastoral, criação de um boletim paroquial de notícias, que substituiu o Jornal Encontro, atualização das lideranças paroquiais, entre outras ações.



Dias Atuais


Hoje, alguns dos principais desafios são: a constituição de pequenas comunidades - de fé, culto e amor - nas Quadras, a abertura missionária, a juventude, a comunicação, solidariedade a inserção social. Também há um olhar especial sobre a realidade das famílias.


Em 2017, no dia 05 de agosto, seguindo os passos das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil e o Plano Pastoral Arquidiocesano 2017-2020, a Paróquia Nossa Senhora Consolata realizou uma grande assembleia e dela brotou esse Plano Paroquial de Evangelização.


103 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo